Endoscopia Digestiva Alta - EDA

Orientações

A endoscopia digestiva alta consiste num método de investigação de doenças do esôfago e estômago através de endoscópios flexíveis introduzidos pela cavidade oral.

Esses instrumentos permitem visualizar a mucosa interna do tubo digestivo e realizar detalhada avaliação, assim como coletar material ou mesmo realizar pequenas cirurgias.

Inicialmente, examina-se o órgão como um todo para verificar se há alguma alteração em seu revestimento. Pequenas lesões superficiais podem ser removidas, bem como a retirada de corpo estranho, durante o procedimento endoscópico, evitando-se desta forma a cirurgia convencional.

A duração do exame de endoscopia é de 05 a 10 minutos, podendo prolongar-se em situações mais difíceis. 

INDICAÇÕES

Gastrites, esofagites, investigação de síndrome dispéptica, doença do refluxo, quadros clínicos do trato digestivo alto.

Como se preparar

Veja quais são os procedimentos que você deve seguir para realizar o exame de endoscopia digestiva alta:

  • No dia do exame, o paciente deve:
  • Estar em jejum e acompanhado;
  • Apresentar o pedido médico original e exames anteriores (caso os tenha realizado);
  • Apresentar documento de identificação (RG, CPF);
  • Não tomar remédio para diabetes no dia do exame;
  • Os anticoagulantes e antiagregantes plaquetários devem ser suspensos 07 dias antes do exame, de acordo com a orientação médica;
  • Se o paciente for hipertenso, deve usar a medicação para pressão normalmente apenas com um pouco de água.
  • Após o exame, o paciente deve:
  • O paciente será conduzido para a sala de recuperação, onde ficará repousando por 15 a 30 minutos, tempo suficiente para despertar completamente;
  • Um familiar ou amigo deverá acompanhá-lo até a sua residência;
  • Não poderá dirigir ou operar máquinas e equipamentos;
  • Poderá alimentar-se normalmente após 01 hora;
  • Demais orientações serão dadas pela equipe durante a realização do exame.