Orientações

É o exame endoscópico do intestino grosso e porção distal do íleo, realizado principalmente para detecção de pólipos (tumores benignos), que podem sofrer transformação para malignidade.

É utilizado também para diagnóstico de doença inflamatória intestinal e outras patologias.

Além da avaliação da mucosa intestinal e do calibre do órgão, permite a coleta de material para exame histopatológico (biópsia) e a realização de procedimentos como a retirada de pólipos (polipectomia), descompressão de volvo intestinal e hemostasia de lesões sangrantes.

Esse exame tem finalidade diagnóstica ou terapêutica.

O procedimento tem duração de 15 a 20 minutos, podendo prolongar-se em situações mais difíceis.

INDICAÇÕES

Patologias benignas e malignas do intestino grosso.

Investigação diagnóstica de quadros clínicos e sintomatologias diversas (anemia, alteração do hábito intestinal, constipação, sangramentos).

Como se preparar

Veja quais são os procedimentos que você deve seguir para realizar o exame de colonoscopia:

  • No dia do exame, o paciente deve:
  • Para que o exame seja realizado de forma adequada, é muito importante que o intestino esteja completamente limpo. No preparo serão usados medicamentos para forçar a limpeza do órgão;
  • Pacientes acima de 65 anos necessitarão de avaliação individual;
  • Informe se você tem alguma doença importante que necessita de acompanhamento regular;
  • Determinados medicamentos deverão ser suspensos pelo médico, como antiagregantes plaquetários e anticoagulantes.
  • Após o exame, o paciente deve:
  • O paciente será conduzido para a sala de recuperação, onde ficará repousando por 15 a 30 minutos, tempo suficiente para despertar completamente;
  • Um familiar ou amigo deverá acompanhá-lo até a sua residência;
  • Não poderá dirigir ou operar máquinas e equipamentos;
  • Poderá alimentar-se normalmente após 01 hora;
  • Demais orientações serão dadas pela equipe durante a realização do exame.